Quer alavancar as vendas e fidelizar o consumidor? Faça pesquisas de mercado






A maioria (62%) dos consumidores de diversos países do mundo afirma que são propensos ou muito propensos a comprar mercadorias de empresas que solicitam sua opinião em estudos, enquanto apenas 3% afirmam que este fator é irrelevante, de acordo com uma pesquisa divulgada em janeiro de 2012 pela Cint. Dados do levantamento ainda informam que 56% dos entrevistados se sentem mais leias à marca, o dobro da proporção que não se sente influenciada.

69% dos consumidores globais acreditam que as empresas executam seus planejamentos com base nos resultados destes estudos, enquanto apernas 7% acreditam que não. Uma proporção ainda maior (77%) pensa que as empresas estão mais interessadas em escutar os clientes quando comparado há 10 anos, com os entrevistados citando aumento da concorrência (55%), clima econômico desfavorável que obriga as marcas realizarem mais pesquisas de mercado (24%) e atender a consumidores cada vez mais exigentes (16%) como os principais motivos.

Enquanto isso, 41% dos inquiridos acreditam que o setor de varejo seria o maior beneficiado ao se comunicar de forma mais regular com clientes, enquanto proporções menores acreditam que o setor financeiro (14%), de viagens (11%), e de tecnologia móvel (11%) possuem o maior potencial em fortalecer sua relação com os consumidores.

De acordo com um relatório divulgado em dezembro 2011 pela RSR Research, os varejistas globais acreditam que se concentrar mais no cliente ao invés do produto (61%) e segmentar os consumidores por preferência de consumo (59%) são essenciais para o marketing de suas empresas.

Outros resultados:

7 em cada 10 entrevistados afirmam que estão dispostos a gastar 10 minutos ou menos aos responder uma pesquisa de mercado, com a maioria preferindo que este tempo dure até 5 minutos. Cerca de 1 em cada 5 estão dispostos a gastar mais de 15 minutos.

Incentivos em dinheiro (55%) é o recurso mais citado pelos entrevistados para colaborarem com um levantamento, enquanto 34% querem ganhar produtos gratuitos.

Mais da metade dos entrevistados revela que aplicativos de smartphones são o seu método preferido para participar de pesquisas de mercado. Um terço prefere participações on-line, enquanto SMS (5%), correio tradicional (4%), encontro presencial (4%) e telefone (1%) foram menos citados pelos entrevistados.

Fonte: E-commerce News