Nova classe média atende por 61% do e-commerce






Segundo um estudo da consultoria E-bit, a chamada nova classe média deve movimentar cerca de R$ 20 bilhões em compras na internet até o final deste ano. Trata-se de um incremento de 36% em relação ao ano passado.

O relatório indica que as pessoas com renda familiar de até R$ 3 mil se destacam como os novos compradores. Eles já representam 61% dos usuários que compram on-line. “Por isso, quando desenvolvemos o novo conceito de compra coletiva pensamos em suprir deficiências e necessidades do mercado que na grande maioria das vezes atingia as classes C e D”, explica Roberto Cardaretti, fundador do Mix Oferta, um site de compras coletivas que foi remodelado para atender os novos consumidores emergentes.