Compras coletivas faturam R$ 731,7 mi






 

O segmento de compras coletivas, com R$ 731,7 milhões acumulados nos seis primeiros meses de 2012, respondeu por 7% do faturamento total do e-commerce brasileiro no período, que faturou R$ 10,2 bilhões, segundo estudo realizado pelo InfoSaveMe. De janeiro a junho de 2012, o mercado totalizou mais de 12 milhões de cupons vendidos, a um ticket médio de R$ 60. Foram 83.233 ofertas anunciadas, cujos descontos geraram uma economia de mais R$ 1,4 bilhão nos bolsos dos brasileiros. A maior parte do faturamento acumulado se concentrou no período de abril a junho, representando R$ 428,7 milhões do total, enquanto o primeiro trimestre do ano faturou R$ 303 milhões.  O mês que apresentou o melhor faturamento do período foi maio, com a marca de R$ 148,6 milhões.
 
Categorias
As passagens aéreas, cruzeiros e hospedagens com descontos mudaram a maneira de os brasileiros planejarem suas viagens e representaram a principal fonte de ganhos do setor de compras coletivas no primeiro semestre de 2012. Foram R$ 194,6 milhões arrecadados pelo setor de hotéis e viagens de janeiro a junho, ou 26,6% do total do período, com ticket médio de R$ 349,25. A segunda categoria mais representativa foi a de produtos, com quase R$ 180 milhões faturados. Saúde, beleza e restaurantes completam os faturamentos acima de R$ 100 milhões no período. Juntos, esses quatro grupos somaram por volta de 85% do total dos ganhos do semestre.
 
Mercados locais
Na divisão por mercados, o destaque fica com as ofertas nacionais, que, como indica o nome, são anunciadas e vendidas no Brasil inteiro. A categoria acumulou R$ 261,2 milhões no primeiro semestre, ou seja, 35,7% do total, vendendo 1,7 milhão de cupons a um ticket médio de R$ 145,21. Nos mercados locais, que concentram basicamente as categorias de serviços, a cidade de São Paulo detém os maiores índices de faturamento (R$ 120,5 milhões) e de vendas de cupons (2,3 milhões). Em seguida, aparecem Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Salvador, entre outras cidades.
 
Perfil dos consumidores
O relatório do InfoSaveMe traz, ainda, dados sobre os consumidores de compras coletivas, fruto de um estudo encomendado pelo SaveMe à agência Euro. Realizado com 2.426 pessoas, o levantamento mostra um público majoritariamente feminino (61%), com idade entre 25 e 34 anos e ensino superior completo. Além disso, 44% dos entrevistados entram em sites de compras coletivas diariamente para conferir as ofertas; 55% têm o hábito de ler apenas as ofertas locais, enquanto 42% acompanham tanto as ofertas locais como as nacionais.
 
Projeções para o segundo semestre
A expectativa para o segundo semestre é que o mercado continue trazendo bons resultados e mantenha-se aquecido. O ano de 2011 teve faturamento total de R$ 1,6 bilhão e, para 2012, é projetado um crescimento de 5% a 10%.
 
Fonte: clientesa.com.br