Brasil tem quase 2 mil sites de compras coletivas






 

Levantamento feito pelo portal Bolsa de Ofertas aponta crescimento de 360% em relação a janeiro de 2011, mas revela que 39% estão fora de operação.

O Brasil está prestes a ultrapassar a marca de 2 mil sites voltados ao negócio de compras coletivas, informa nesta terça-feira (28/6) o portal Bolsa de Ofertas. Contudo, praticamente quatro em cada dez estão fora de operação.

Um levantamento feito pelo site e concluído na segunda-feira (27/6) aponta a existência de 1.890 sites de compras coletivas e de 73 sites agregadores de ofertas. No último levantamento, divulgado em fevereiro, havia 1.025 sites.

Na comparação com fevereiro, o número de sites de compra coletiva cresceu 84,3%. Em relação a 31 de janeiro, quando o Bolsa de Ofertas identificou 405 sites, o crescimento foi de mais de 360%.

Neste novo levantamento, o Bolsa de Ofertas classificou os sites de compras coletivas em ativos, inativos (sem ofertas há mais de 15 dias), novos (em fase de cadastramento de usuários), danificados (com problemas) e desativados (que já esteve ativo, mas não pode mais ser acessado).

Por esse critério, a maioria - 1.145, ou 61% do total - está ativa. Cerca de 17%, ou 326, foram considerados inativos e 11% (212) são novos. Os sites danificados somam 121 (6%) e os desativados, 86 (5%).

A proporção de sites ativos e inativos entre os agregadores de ofertas é mais positiva. Dos 73 agregadores identificados pelo portal, 67 estão ativos, 4 inativos, um danificado e um desativado.

Fonte: http://idgnow.uol.com.br