Groupon tem prejuízo milionário no 2T11






 

O Groupon, site pioneiro das compras coletivas no mundo, registrou prejuízo líquido de US$ 102,7 milhões no segundo trimestre de 2011, se vendo obrigado a cortar recursos na área de marketing.

Segundo a agência Reuters, o site teve faturamento de US$ 878 milhões e crescimento de 36%, mostrando desaceleração em relação ao primeiro trimestre, quando faturou US$ 644,7 milhões e teve alta de 63%.

O prejuízo do segundo trimestre está em linha com o apresentado no período anterior, mas é mais que o dobro dos US$ 36,8 milhões apurados na comparação anual.

As quedas aconteceram ao mesmo tempo em que a empresa contratou mais de mil funcionários e reduziu o investimento na área de marketing para US$ 170,5 milhões – sendo que, no primeiro trimestre, foram US$ 208 milhões

 A empresa justifica que 40% de seus assinantes na América do Norte são conquistados por meio de boca a boca, o que em tese dispensa a propaganda.

Para analistas, o serviço prestado pelo Groupon é que está em risco.

O site, diz a Reuters, precisa de muitos funcionários para correr atrás de parcerias e manter o atendimento ao cliente. Em contrapartida, sofre com a concorrência de milhares de sites pequenos e de gigantes, como o Google.

No Brasil, o mercado de compras coletivas chega a quase 2 mil, em pouco mais de um ano de existência. O braço brasileiro da empresa norte-americana é o primeiro do ranking, em audiência e em usuários.

Segundo dados próprios, o site tinha 10 milhões de cadastrados, em abril desse ano.

Por: Guilherme Neves - baguete.com.br